SOU....

Sou chuva e vento
Orvalho gelado cobrindo a montanha,
Flor perfumada que nasce da terra molhada.
Sou fogo sem chama na noite sem som
Candeia acesa na casa do rei.
Sou criança brincando na neve tão fria
Sorrindo sem medo de nada.
Sou pássaro voando livre e feliz
Ferido na asa por um aprendiz.
Sou estrela brilhando em noite de festa
Com manto de luz.
Sou espelho partido em dia sem cor
Olhar de mulher sem rosto e sem nome.
Sou amor desejado, vivido e sofrido
Mente vazia passeando sozinha
No mundo em mudança.
Sou luz no caminho que vejo ao fundo
Chegando cansada.
Sou rio cantando baixinho
Correndo sem hora marcada.
Sou força e fraqueza,
Sou guerra, sou paz,
Abraço apertado
De braços compridos sem nunca acabar.

21 comentários:

Mariazita disse...

Duxinha querida
Ainda não passaram 24 horas e já estou cheiinha de saudades!
O destino é cruel, não nos deixa estar perto SEMPRE. Enfim, vamos aproveitando os momentos posíveis...

Este teu poema é uma verdadeira delícia! Dá vontade de ler, reler...e continuar lendo.
É tão lindo que nos limpa a alma.

Fiac com Deus e com os Anjos, queridita.
A gente vê-se por aí.

Beijinhos mil da tua
Manita

PS - ONTEM À NOITE ENTREI NA TUA CASA, REPARASTE, É CLARO...

Pó de Estrela disse...

Minha querida Canduxa

Vê-se que o fim de semana foi rico em emoções e bençãos!

Que linda maneira de falar sobre o "TU". Realmente, nós seremos sempre aquilo que quisermos ser, desde que o façamos com alma e serenidade. Tu, melhor do que ninguém, com a riqueza e luz que tens, conseguirás ser aquilo que quiseres!

Beijinhos de Pó de Estrela de Natal!

mfc disse...

Uma descrição do que somos ou do que gostaríamos de ser, feita de uma forma muito terna, sentida e muito serena.

manuela baptista disse...

...e que tudo e nada

mais bonito!

com um abraço que retribuo,
apertado também

Manuela Baptista

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa

és mesmo tudo!...

recebi o mail...
Logo que cheguem envio ou vamos...estar...
queria muito tomar um café contigo
beijos

Vieira Calado disse...

Quando se é tudo

não se teme nada!

A vida dá o que nos dá.

É preciso aproveitar o melhor.

Beijoca

Deusa Odoyá disse...

Olá minha qurida amiga.
Agora que encontrei esse novo site seu virei sua fâ.
Como é lindo sua poesia.
Assim como seu coração, doce e que transmite muita luz.
Minha querida Canduxa:
Perpétuos são os momentos quando as aguas, lavam as lágrimas escorridas por dentro...
Uma semana de muitas realizações e paz.
Beijinhos doces, minha doce amiga.
Regina Coeli.

Mariazita disse...

Duxinha, querida
O que é bom acaba depressa? Sim, é verdade, mas ficam as recordações...
E quando são boas ajudam-nos a viver.

Pelo que falas da Anita vejo que a mana Estela está a cumprir com a avertência que lhe fiz :) Bom assim!
Anita está muito doente, sim.
Aguardemos para ver como evolui a doen;a.

Beijinhos mil da tua
Manita

PS / ESTOU COM UM PROBLEMA QUALQUER NO TECLADO... N\AO CONSIGO ESCREVER CERTAS LETRAS, COMO PODES VERIFICAR...O C CEDILHADO SAI ASSIM ;. ESPERO N\AO TER QUE COMPRAR OUTRO >***

alegria de viver disse...

Querida amiga
Tem uma declaração de afeto para você,no meu blog. BJS.

alegria de viver disse...

Amiga
Não apareceu sua nova postagem no meu blog, por acaso vim para deixar um recado e vi, algum problema ou são coisas de internet?
Uma foto linda dessas na natureza é duplamente luminosa.
Este é um poema para ler e reler varias vezes lindo.
Com muito carinho BJS.

Eliane disse...

Canduxa querida,estás linda!
Lindo poema!
Não apareceu no meu blog a sua postagem.
Tem presente no blog de selos.
Beijinhos com carinho!

*Lisa_B* disse...

Lindo poema e linda foto:-)
Vieira Calado disse tudo" quando se é tudo não se teme nada"
Beijinhos nossos com carinho

CarlaSofia disse...

É também uma linda pessoa.
beijinhos*
universosquestionáveis

CarlaSofia disse...

É também uma linda pessoa.
beijinhos*
universosquestionáveis

Maysha disse...

Ola amiga Canduxa
Adorei o teu blog, lindos os teus poemas.
Sabes que és a minha centésima seguidora?
Tenho um selo para comemorar vai buscar amiga, ofereço com muito carinho.
Beijos de luz
Isa

Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar bom fim de semana
bjsss

aguardo sua visita :)

poetaeusou . . . disse...

*
adorei,
,
viver
é não saber a nossa meta
e nas margens da certeza
caminhar a incerteza
é ver gente
e nunca ver ninguém
é ter na vida tudo
e não ter nada . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa
só para a semana...
se puder ser dia 8 ficava contente beijos

Mariazita disse...

Querida
Passei só para dar um beijinho de boa noite, e desejar-te uma noite serena e na paz dos Anjos.

Beijitos da tua
Manita

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa

dia 8 é feriado queria ir tomar aafé ao continente a Gaia não quers vir tomar um comigo? diz alguma coisa .


beijo

Partilho contigo a minhaalegria...


Hoje outro dia especial O meu livro de Natal já "nasceu".
Um livro é um pouco de nós este é o meu 6º livro..
Esta Poesia é diferente è também um grito para que Natal seja todos os dias.. Acredito que este Natal vou vender muitos...


Agora deixo um beijinho e...


A VIDA ESTÁ...


A vida está Aqui neste lugar
A vida é tudo isto que tú vês...
A vida é este rio que corre devagar...
A vida é esta lua que te enfeitiça...

...E neste lugar que é mágico...
...Que te deixa ver tudo que quer
...Em que deixa o rio molhar-te os pés...
...E que a lua te beija quando queres...

Sentes e terás a certeza desta vida...

A vida que corre tão depressa...
A vida que nos faz rir, mas também chorar...
A vida que nos deixa amar intensamente...
A vida que tudo dá e tudo tira...

...E nesta vida sempre a correr...
...Quando rio quando me apetece chorar...
...Porque tenho amor e muitos sentimentos...
...E encontro um pedregulho no caminho...

...E então... volto para trás...
...Tenho que dar a volta ao pedregulho...
...E ir para outro lugar...
...Mas contorno-o, vou e rio...

Porque tu vida, gostas de complexidade...

Tu vida sabes a força que tens...
Tu vida deixas que os teus braços nos envolvam...

E nós... deixamos que eles nos envolvam...
Nos abracem e nos deixem sonhar...

LILI LARANJO

Canduxa disse...

Queridos Amigos,

Enquanto percorremos o nosso caminho aqui na Terra passamos por muitas experiências…
sou tudo, sou nada, foi o poema que me fez compreender a capacidade que temos de nos transformarmos,
de renascermos em cada novo amanhecer e não ter medo de continuar o caminho.

Agradeço os vossos comentários,
incentivam-me a continuar por aqui.

Beijinhos coloridos e de luz para todos.
Até já