APRENDI A VOAR...


Um dia todos aprendem a voar....
Nada acontece por acaso!

Naquela tarde de Inverno, abriu a porta
Com os olhos a brilhar
Escutou minha confissão sem interromper
Olhou-me nos olhos tentando compreender
Para ajudar

Não teve pressa em responder
Ao que perguntei
Esvaziei meu coração cheio de dor
Lembrou-me que tinha muito Amor
Foi o que precisei

Senti-me em paz, tranquila, tão feliz
Não entendi
Confiei e prestei muita atenção
Desejei seguir a voz do coração
E consegui

A sua sabedoria orientou-me
Com paciência
Deixou-me partir, livre como entrei
Não dissse para voltar, mas voltei
Não foi coincidência

Aprendi com ela a viver o presente
E a sonhar
Deu-me a mão, comecei a caminhar
A minha fé fez-me sempre continuar
Começava a relembrar

Terminou um ciclo da minha vida
De aprendizagem
Sozinha, senti coragem do Mundo abraçar
Não tive medo e aprendi a voar
Cheia de coragem

Quem sabe, um novo ciclo venha a surgir
Para nos unir
Com amor, saberei abraçar e agradecer
Partilharei com ela tudo que aprender
E...voltarei a partir

20 comentários:

EVELIZE SALGADO disse...

Canduxa!!!!! Que belo voo. O voo da liberdade, o encontro dos EUS fechando o ciclo da individualidade.

Beijos voadores, daqui!

Pó de Estrela disse...

Querida Canduxa

Que voo tão lindo, tão mágico, tão puro, tão abnegado...

Que poema tão lindo (como sempre)!

Mando daqui o meu sopro, que junto ao teu possa trazer às nossas vidas a PAZ que tanto queremos para nós e para toda a humanidade.

Vou dormir com asas nos sonhos!!!

Beijinhos cheios de Pó de Estrela

Eliane disse...

Que voo consciente para a liberdade!
Que poema lindo!
Beijinhos luminosos e com carinho!

ONG ALERTA disse...

Que cada novo ciclo traga um aprendizado nesta vida e que nos fortaleça para continuar nossa história, paz no coração.

CarlaSofia disse...

Sentir esse renascer é algo de maravilhoso. Fico contente por si.
beijinhos****

manuela baptista disse...

Voar só

na imensidão do espaço deve ser estonteante, inebriante

como um cálice de bom e cheiroso vinho

mas voar em formação conjunta muitas asas a mesma asa
o peito cheio de vento...

Quem me dera voar assim!

Um abraço

Manuela Baptista

alegria de viver disse...

Querida amiga
Estou sem palavras, alçaste num voo que penso ser o mais belo, e se isso aconteceu é como eu já imaginava, és um ser iluminado mesmo, teu merecimento é infinito.
Que todos os ciclos que venhas a passar sejam sempre com essa beleza.
Sou uma pessoa de sorte pois conheço você, e um dia vou ter o prazer de conhecer pessoalmente.
Com muito carinho BJS.

mfc disse...

Tu voas de uma forma muito bonita.
Tens sempre um sorriso lindo.

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Canduxa,

Que belo voo. Anseio por saber voar assim. Vou continuando o treino.

Belo poema e votos duma Santa Semana cheia de Paz e Amor em Jesus.

Bjs.
Mer

Beta disse...

Amiga, que poema lindo! Espero brevemente saber voar assim, e sentir essa liberdade....

Beijinhos

Anónimo disse...

Canduxa,
Parabéns, pela elegancia do teu voo.
És um lindo anjo na terra.

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa
ouvi e senti a tua mensagem.
o vento tem esta vantagem de nos deixar...voar...


Também eu vou tentando aprender a voar...

para ti...
Um beijo

Maria Emília disse...

Querida amiga Canduxa,
Que belo poema encontrei neste reencontro. Já estava com saudades.
É verdade, todos aprenderemos a voar.É uma questão de tempo.
Um grande beijinho,
Maria Emília

Cibele disse...

Canduxa, não posso deixar de dizer que esse post me impressionou demais. Não só pela beleza contida nessas palavras, mas pela verdade que elas carregam.
Sim, todos nós aprenderemos a voar. Ah, lindo, lindo. Sem palavras.
Beijo na alma.

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa
Para ti com carinho

O MAR


Mar...
O Mar longínquo...
Onde eu me transporto e me
transformo...


O Mar...
Que eu sentada olho ao longe...


O Mar...
Tão sonhador, tão profundo e tão
distante...


O Mar...
Onde as ondas azuis e brancas, deslizam
suavemente...


O Mar...
Que tem tanto amor e tanto mistério...


O Mar...
Que leva tudo e tudo devolve...


O Mar...
Que me deixa amar o infinito...


E... que sonha, ama e chora...
E deixa-me: amar, sonhar e chorar com
ele...


LILI LARANJO

RETIRO do ÉDEN disse...

Conhecemos alguém com muita Luz e vou partilhar um cheirinho dessa obra.

...
mormente a solidão mais íntima
a mais derradeira ardência extinta
entre as sombras da floresta
em palavras reprimidas ou jamais pronunciadas,
a imagem o perfil duma palmeira solitária
incansável na secura dum deserto.

in Viagem através da Luz de José Vieira Calado


Bom fds. sempre com o Senhor Jesus.
Bjs.
Mer

Céci disse...

Olá Amiga Canduxa,

Muito bom voar, quando sabemos a direcção a seguir!

Adorei

Bjinhos

Céci

Canduxa disse...

Queridos amigos,

Aceitarmos uma mão amiga quando nos sentimos cansados de caminhar é sempre uma boa opção.
O caminho torna-se mais fácil e um dia aprendemos a voar.
Assim aconteceu comigo e sinto-me feliz por poder partilhar isso com todos os que me visitam.

Abraço-vos com carinho

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Canduxa,

É sempre uma honra receber a tua Luz junto aos teus comentários.
Obga. uma vez mais, por não te esqueceres de nós.

Aqui vai mais um cheirinho de JVC.

Nunca julgamos os dias um acaso de coincidências
no espaço que nos envolve
e que envolve um novelo de cores e de formas
resolvidas
ressurgidas num lapso de tempo
ante o ocaso da luz e o porvir:

o instante tremeluzente das nossas vidas

a imensa eternidade dos dias apunhalados
com um sopro de poeira, ou um acaso.

Ah, e o tempo?

.....

in Viagem através da Luz de JVCalado

Tem uma boa semana sempre com a Companhia de Cristo Senhor Jesus.

Bjs.
Mer e família

alegria de viver disse...

Querida amiga
Também não sei se tens um livro,portanto aqui vai um selinho como incentivo.
Com muito carinho BJS.