CHUVA...

Chuva miudinha sempre a cair
Um piar de andorinha, mesmo ali
O arco-íris mostrando-se a sorrir
Um rosto molhado a olhar para ti

No silêncio do momento encantado
Presa nas cores que me envolviam
A melodia do pássaro molhado
A alma que sentia o que diziam

Ah, chuva de prata cristalina e fria
Limpas a alma, tornas-me divina
No corpo que baila sem sentir.

Num instante de alegria e de ternura
Abraço a chuva tão cheia de candura
E tu, aí parado, sem sorrir!

17 comentários:

ONG ALERTA disse...

Chuva limpa o planeta e o enche de energia, sempre após uma chuva vem sol, então deixa que a natureza é sabia precisamos respeitá-la, paz.

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa
Bom receber a tua luz e a tua a mizade.
vou dormir mais feliz.
um beijo

Mariazita disse...

Manita querida
Que linda esta tua ode à chuva!

Muitas vezes mal recebida - :))) - é estritamente necessária à Mãe Natureza. E como o sol brilha depois da chuva! É devido à sua acção purificadora.

É, sem dúvida, merecedora de que a cantemos. E tu fizeste-o com muita beleza.
Obrigada, queridinha, por este belo momento.

Muita paz, muita Luz.

Beijinho doce
Mariazita

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Canduxa,
"E tu, aí parado sem sorrir!"

É como está o nosso coração, parado sem sorrir!

Como faz falta a chuva para lavar a alma e encher as nascentes de água cristalina e pura, que lave todas as impurezas que nós humanos tanto acumulamos.

Um mui, mui, OBRIGADA pelas tuas sábias palavras...a ideia era essa uma corrente de oração!
Aliás a oração está lá e o pedido Orem connosco!

Mas só tu te expressaste dessa forma, ao encontro da nossa ideia!

Bjs. sinceros
Mer e família

alegria de viver disse...

Querida amiga
Belas palavras, num poema de encantar, todos reclamam da chuva mas sem ela não á vida, e quando não cai reclamam porque a seca é de agoniar.
Gosto de chuva.
Com muito carinho BJS.

manuela baptista disse...

Eu gosto dos dias de chuva

miudinha
aguaceiro
forte
molhadinha

e dançar à chuva?

Beijos Canduxa

e obrigada por esta água cristalina

Manuela Baptista

mfc disse...

Um poema muito lindo com um bom ritmo bem marcado.
Li-o e reli-o.
Merecia-o bem.

Eliane disse...

Canduxa querida!
Mais um belo poema!

Um abraço iluminado!

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa

Precisava de ti ...
preciso da tua luz e da tua força.
Sei que vais enviar-ma para mim.


um beijo



CANTO DA LUA


O teu leve canto
Canto da Lua...
Que canta baixinho...
Que é feiticeira...
Que se deixa observar...
Que se deixa beijar...

Apenas com um beijo...
Beijo soprado...
Que vai...
E pousa de mansinho...

Mas a Magia está...
No teu tocar..
Que será sempre...
Apenas imaginação..

Porque tu...
Lua encantada...
Serás sempre...
A bela intocável!...


LILI LARANJO

Ana Martins disse...

Canduxa,
mas que soberbo soneto, ADOREI!!!

Beijinhos,
Ana Martins

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Canduxa

Obga. amiga pela tua cumplicidade e carinho, força, para connosco.

É uma semana complicada de sentimentos à flor da pele.
Há que digerir e aceitar com esperança na certeza que melhores dias virão.

Bjs.
Mer e família

BC disse...

A chuva é uma benção de Deus, que limpa e apesar do sol ser um fonte de energia e nos saiba melhor a chuva também o é.
Beijinhos
Isabel

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa
Minha querida...
Foto linda... adorei
Recebi a tua amizade e a tua força preciso dela...
Amanhã é um dia que preciso de muita luz.
beijos

Beth Cerquinho disse...

Parabéns pelo blog e pelos post's,se me permite irei te seguir...
Bjka

Eliane disse...

Querida amiga!
Tem selinho,meme e sorteio pra você no meu blog de selos.
Beijinhos!

Maria Emília disse...

É tão bom ouvir a chuva e aspirar o cheiro da terra molhada. Renova a alma.
Um grande beijinho,
Maria Emília

Canduxa disse...

Queridos Amigos,


Às vezes é triste que o sofrimento dos seres humanos, não as deixe usufruir das dádivas da natureza.
Nada mais belo que sentir o som da chuva a cair, lavando o nosso corpo e a nossa alma.
Obrigado pela vossa presença e comentários.

Um abraço