O INÍCIO DO CAMINHO

imagem retirada da net
descalça parti à procura de nada
mente vazia leve e desperta
na boca um sorriso nos olhos a cor
alma a cantar caminhando sem pressa

a jornada foi longa... a noite chegou!
o abrigo sem porta a luz se acendeu
um anjo sereno vestido de azul
alimentou  o corpo, depois aqueceu

no verde da cura no leito macio
o corpo sozinho a alma partindo
à fonte se uniu fazendo-se Una
voltou de manhã brilhando e sorrindo!

33 comentários:

Lilá(s) disse...

Valeu a caminhada...muito lindo!
Bjs

RETIRO do ÉDEN disse...

Amiga Canduxa,

Lindíssimo poema e foto.
Bjs.sinceros
Mer

Ana Martins disse...

Amiga Canduxa,
muito serena esta caminhada... Gostei!

Beijinhos,
Ana Martins

Mona Lisa disse...

Olá

Li caminhando...senti paz!

Bjs.

*Lisa_B* disse...

Amiga linda,

que poema tão suave e sereno e a imagem deu para suspirar de ver assim o branco tão puro e lindo...
Adorei.
Beijinhos nossos com carinho e bom domingo.

AFRICA EM POESIA disse...

CANDUXA

Só agora respondo
não é normal eu demorar dois dias a falar com os meus amigos
.
Mas...tenho desculpa...A escola preenche-me o dia todo...e a noite é curtinha...

como estive a colocar livros nos envelopes o tempo foi escasso.
Agora mais liberta venho pedir desculpa pelo atraso e deixar ...poesia...
um beijinho

COR VERDE



Cor verde
Verde dos pinhais
E dos abetos
Que alegram
Os meus olhos...

----------
Olho-os e vejo
Os pássaros que chilreiam...
Que voam...
Que vivem plenamente...
A sua liberdade...

----------
E olho...
Fecho os olhos...
E sinto... que também eu...
Se fosse ave...

----------

Conseguia voar e ser...
Totalmente livre...

LILI LARANJO

Maysha disse...

Ola Canduxa, gostei desta tua caminhada, ajudou-me a encontrar paz. Muito belo o poema e a foto.
Beijo de luz

Multiolhares disse...

Quando o corpo físico dorme o corpo astral se tiver alguma parte da sua essência desperta vai aprender muito sobre os mundos superiores
beijinhos

Deusa Odoyá disse...

Minha linda amiga Canduxa.
Transmites paz e luz em seus poemas, uma caminhada abençoada.
Parabéns...
A foto magnífica.
Uma asemana de muitas realizações e paz.
Beijinhos doces da amiga.
Regina Coeli.

Maysha disse...

Tens um selo no meu blog dos mimos, ofereço-te porque és Amiga Poderosa.
Beijinhos

alegria de viver disse...

Olá querida amiga
Mais uma vida que desperta, e assim a continuação de uma alma que precisa renovar.
Com muito carinho BJS.

mfc disse...

Uma viagem que começou sem nada e que teve um final feliz.
Uma viagem em que tiveste o que procuravas.
Foi um poema lindo!

RESILIÊNCIA disse...

Poetisa Canduxa


Falas com a alma...lindo.

Eliane disse...

Canduxa querida!
Lindo poema!
Bela união!
Beijos de luz!

Maria Emília disse...

Partir despojado de tudo é a melhor forma de encontramos o que nem ousávamos procurar ou não sabíamos existir.
Um beijinho,
Maria Emília

Graça Pereira disse...

Partir...começa sempre por um passo.Seguir... mas não acorrentado!
Seguir...livre como uma ave para traçar no céu da vida, o perfil airoso de um voo sereno!
Só assim val a pena partir...
A imagem é um convite á serenidade e as tuas palavras, iluminam o caminho...
Um beijo
Graça

Pelos caminhos da vida. disse...

Essa caminhada me deu paz...

Bom dia!

é uma palavra mágica que faltava nesta manhã, e vem expressar à você o maravilhoso amanhecer que lhe desejo repleto de amor e paz.

Hoje certamente tudo dará certo o seu caminho será suavizado pela brisa do ar, que chegará até você de mansinho, trazendo com ela o aroma das flores, que darão colorido ao seu dia.

Tudo isso Deus colocou ao nosso alcance para avaliarmos o magnífico presente de estarmos vivos, e sobretudo dizer:

Bom dia!!!

Eu gosto muito de você e, lhe desejo muitas alegrias.

beijooo.

manuela baptista disse...

Renascimento

é preciso largar
para depois agarrar

não ter pressa
e encontrar

permitir que a alma corra à nossa frente
e reencontrá-la renascida
no brilho de uma manhã

Canduxa

a serenidade da foto ilustra muito bem o seu belo poema!

beijos

Manuela

Majoli disse...

Que lindo caminhar, finalizando de forma bela.

Parabéns.

Beijos e uma semana de muita paz pra você amiga.

Mariazita disse...

Duxinha querida
A ternura sempre presente na tua poesia...
Foi uma caminhada linda, que terminou com grande beleza.
Nem faltou o Anjo azul, de que tanto gosto.
Adorei o teu poema, e a foto é também muito bonita.

Beijinhos doces da tua
Manita

Duarte disse...

Bonito poema! Versos escritos com sentires profundos.

Caminhos que nos dá a vida.
Mesmo quando é o da partida.
Claro! o amor ajuda, e muito?
Não! se de amor é faminto.

Um forte abraço

EVELIZE SALGADO disse...

Imagem linda! Poema perfeito!

Alma agradece!

Beijo de Luz!!!!!!!

Ezul disse...

Que bom é passar por aqui e encontrar toda esta luz e esta cor!
Fez-me bem! Obrigada!
:)

Pelos caminhos da vida. disse...

BOAS COISAS DA VIDA



Se apaixonar.


Rir até sentir o rosto doer.


Uma praia.

Um supermercado sem filas.


Um olhar especial.


Receber cartas ou e-mails.


Dirigir numa estrada bonita.


Escutar sua música preferida no rádio.


Um banho de espuma (avec).


Uma boa conversa.


Um banho quente.

Achar uma nota de R$100 na sua
blusa do inverno passado.


Rir de você mesmo.


Ligações à meia noite que nunca terminam.


Rir sem absolutamente razão nenhuma.


Ter alguém pra te dizer que você é bonita(o).


Rir por alguma coisa que você lembrou.


Os amigos.


Amar pela primeira vez; pela segunda,
pela terceira, ...


Ouvir, acidentalmente, alguém falar bem de você.

Acordar e perceber que ainda faltam
algumas horas para dormir.

O primeiro beijo.


Fazer novos amigos ou ficar junto dos velhos.


Conversas à noite com seu colega de quarto
que não te deixa dormir.


Alguém brincar com o seu cabelo.


Bons sonhos.


Chocolate quente.


Viagens com os amigos.


Dançar.


Beijar na boca.


Ir à um bom show.


Ter calafrios ao ver "aquela" pessoa.


Ganhar um jogo difícil.


Passar o tempo com os(as) amigos(as).


Ver os(as) amigos(as) sorrir ou rir.


Segurar a mão de um(a) amigo(a).


Encontrar com um(a) velho(a) amigo(a) e descobrir
que tem coisas que nunca mudam.

Descobrir que o amor é eterno e incondicional.


Abraçar a pessoa que você ama.


Ver a expressão de alguém que ganhou um presente
que queria muito de você.


Ver o nascer do sol.



Levantar todo dia e agradecer a Deus
por outro lindo dia!

beijooo.

Fernanda disse...

Querida amiga,

Tão doce e linda a descrição da caminhada, parecia mais um sonho de onde se regressa em paz.

Lindo!

Beijinhos

mundo azul disse...

_________________________________

Que feliz foi essa jornada, Canduxa!


O poema e a foto, num casamento perfeito...


Beijos no coração!

______________________________

AFRICA EM POESIA disse...

Canduxa
espero que os livros sejam apreciados pois eu amo.os...
para ti minha amiga...


Um beijo

AVE


Ave que voa...
Ave que luta...
Que procura comida...
Que se protege do frio e chuva...
Ave que consegue...
Fazer a sua casa...
Criar os seus filhos...
Alimentá-los...
Protegê-los...
E depois...
Dar-lhes asas...
Ensiná-los a voar...
E começar tudo de novo...
Que bom seria...
Que muitas vezes...
Nós também pudéssemos...
Saber programar..
Para podermos voar...


LILI LARANJO

licas disse...

Olá Canduxa
passei apenas para te deixar o meu abraço. Não esuqeci nenhuma dos meus amigos ma precisei de uma pausa para me estruturar.
Espero voltar em breve com a disposição e foça necessárias a uma boa companhia.
Beijinhos e até breve
Licas

Tétis disse...

Olá Canduxa

Belíssimo este poema e linda e suave a mensagem que nos transmite.

A foto também é lindíssima e adequada à imensa paz que as tuas palavras nos fazem sentir.

Beijinhos

rosa-branca disse...

Olá amiga, o poema é lindíssimo, mas adorei o poema anterior. Parabéns ao filho, parabéns à mãe muitas felicidades para todos. O poema é um autêntico hino ao amor e o filhóte é lindo. Também tenho um com 32 nos(quase) e sei que é um orgulho. Beijos

Maria Emília disse...

Grande caminhada, amiga. Tenho passado por aqui várias vezes e encontro sempre este início de caminho. Está tudo bem consigo?
Um grande beijinho,
Maria Emília

Vieira Calado disse...

Descalça...

A areia do deserto ajuda.

Gostei do seu poema.

Bjs

Canduxa disse...

Queridos Amigos,

despojados de tudo, o início do caminho é sempre mais fácil de percorrer.
Quando carregamos todos os haveres, que achamos indispensáveis à nossa sobrevivência, temos de parar muitas vezes para nos libertamos do peso que carregamos às costas.

A escolha é de cada um de nós.

Obrigado pela vossa presença aqui neste meu Mundo Colorido.

abraço-vos a todos

até sempre